Tecnologia é saúde
“Atendendo profissionais da área de saúde com equipamentos eletromédicos inovadores de alta tecnologia, cumprindo às exigências de adequação ao uso, a segurança, o desempenho e a melhoria continua."
Tecnologia é saúde
“Atendendo profissionais da área de saúde com equipamentos eletromédicos inovadores de alta tecnologia, cumprindo às exigências de adequação ao uso, a segurança, o desempenho e a melhoria continua."
A Empresa
A Sensymed desenvolve equipamentos eletromédicos, usando tecnologia de ponta, visando qualidade e priorizando a segurança e o bem estar de seus clientes. Nossa filosofia visa a busca de soluções que sejam inovadoras e de qualidade na área médica.


História

A SensyMed Equipamentos Eletromédicos foi fundada em Dezembro de 2007 e nasceu do desejo de seus sócios de aplicar os conhecimentos adquiridos no curso de Pós-Graduação em Engenharia Biomédica, realizado no Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL). Teve seu início na Incubadora Municipal de Empresas de Base Tecnológica, de Santa Rita do Sapucaí, mudando-se para Itajubá em 2012. Em seguida, novas parcerias foram realizadas com o Hospital Odontomed, a Faculdade de Medicina de Itajubá e a Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI). A ideia começou dentro da sala de aula, durante o curso de Pós-graduação de Engenharia Biomédica. Na época aluno do curso, Dr. Francisco Sales de Almeida, médico, cirurgião, mestre e doutor, sempre teve em mente desenvolver equipamentos eletromédicos, por sentir que o mercado nacional oferece poucas soluções na área médica. Convidou sua colega de sala a Engenheira Débora Nunes para associar-se a ele e juntos formaram a SensyMed, tendo como filosofia a solução inovadora e com qualidade na área médica. Em Itajubá, ingressou na empresa o Engenheiro eletricista formado pela UNIFEI, William Hideki Yanaguizawa, constituindo o terceiro pilar dessa estrutura visionária que une médicos e engenheiros.


Objetivo

Desenvolver equipamentos inovadores de alta tecnologia;
Garantir segurança e o desempenho dos equipamentos;
Melhorar continuamente os processos de fabricação e qualidade.


Política da Qualidade

“Atender profissionais da área de saúde com equipamentos eletromédicos inovadores de alta tecnologia,
cumprindo às exigências de adequação ao uso, a segurança, o desempenho e a melhoria continua.”


Diretor Geral

Dr. Francisco Sales de Almeida - Cirurgião, mestre e doutor em Medicina
Doutor em Otoemissões Acústicas e Respostas Auditivas Evocadas do Tronco Cerebral: Uma estratégia de detecção de afecções auditivas em recém-nascidos hiperbilirrubinêmicos pela Universidade de São Paulo – USP. Mestre em Disfunção Metabólica Tireódea e Otoneurologia pela Pontifica Universidade Católica – PUC. Pós-graduado em Engenharia Biomédica pelo Inatel com o trabalho de conclusão de curso: Acufenometria: da pesquisa clínica ao ensaio laboratorial e estudo preditivo para construção de um mascarador de zumbido. Otorrinolaringologista e Cirurgião de cabeça e pescoço pela Faculdade de Medicina de Itajubá.


Administrativo
  • Débora A Mota Nunes - Engenheira Eletricista com pós graduação em Engenharia Biomédica
  • Lorene Sophia Mol de Freitas - Graduanda em Engenharia Civil

P&D
  • William Hideki Yanaguizawa - Engenheiro Eletricista e mestrando em Engenharia Elétrica
  • Gabriel Gonçalves Dias - Engenheiro Mecânico
  • Jonatas Artur Dias de Oliveira Dias - Engenheiro Eletrônico
  • Alex Gonçalves - Engenheiro Eletrônico
  • Fabio Franco de Oliveira - Graduando em Engenharia Mecânica
  • Abhner França Bitencourt - Graduando em Engenharia Eletrônica

Ex-Colaboradores

Clique aqui para conhecer os nossos ex-colaboradores


Parceiros

Projetos

SensyWarming
Equipamento desenvolvido para manter a temperatura corporal dos pacientes estável, através de uma tecnologia precisa e eficaz.



Resumo do Projeto

É conhecido da medicina que durante um procedimento cirúrgico e principalmente no período pós-operatório imediato e na sala de recuperação anestésica, existe a presença de complicações. Estes períodos necessitam de rápida identificação e início de uma intervenção precoce. Estudos mostram que os problemas mais frequentes no pós-operatório imediato estão relacionados a problemas respiratórios, cardiovasculares e do sistema nervoso central (SNC), dentre estes encontramos um distúrbio em específico do SNC apresentado pela grande maioria dos pacientes, a hipotermia. Esta complicação causada pela depressão do SNC e outros agravantes relacionados ao ambiente cirúrgico é conceituada pela perda da função do paciente de manter a temperatura corporal e ocasionando a redução desta temperatura para menor que 35ºC, levando a um quadro severo a nível neurológico, metabólico, hematológico e cardiovascular.

Estudos médicos mostram que a hipotermia ocorre em aproximadamente 70% de todos os pacientes cirúrgicos e também indicam que existe uma forte correlação entre a hipotermia e isquemia do miocárdio em pacientes idosos com risco de doença arterial coronariana. Dentre estes sintomas da hipotermia, temos também:

  • aumento das infecções de feridas, pois existem evidências da diminuição da capacidade de um paciente resistir à infecção;
  • distúrbios da coagulação;
  • a perda de sangue e assim a necessidade de transfusão de sangue é significativamente maior;
  • aumento do consumo de oxigênio, colocando demandas significativas sobre o sistema cardiovascular;

Mediante o conhecimento dessas complicações cirúrgicas, a empresa SensyMed tem como um dos principais objetivos, o desenvolvimento do equipamento SensyWarming (SW01) que realizará um aquecimento forçado do paciente para suprir essa necessidade corporal.


Objetivo do Projeto

O projeto SensyWarming (SW01) que esta sendo desenvolvido é um equipamento microcontrolado, que junto a uma combinação de ventilador e resistor proporciona um fluxo contínuo de ar aquecido, transferindo uma quantidade de calor variável com a temperatura ambiente e com a necessidade de cada paciente, por uma mangueira leve e flexível até um cobertor específico que cobre o usuário. Este cobertor que faz a troca térmica com o paciente é feito de um material conhecido como T.N.T. (Tecido Não-Tecido) de baixa gramatura que garante alta flexibilidade e uma camada fina de P.E. (Polietileno) com micro furos espalhados uniformemente que permitem a saída do ar aquecido para o paciente. Esses cobertores terão diversas medidas para a variedade de aplicações, incluindo o aquecimento corporal total e parcial.

O equipamento irá contar com uma interface simples e intuitiva para a seleção de faixas de temperatura (ambiente, 30-34ºC, 36-40ºC, 42-46ºC) ajustadas mediante um botão e sinalizadas pela informação visual dos leds. A Interface Homem-Máquina (IHM) também conta com um auto-teste na inicialização toda vez que o equipamento for energizado, o que garante o bom funcionamento das funções visuais e sonoras de proteção, troca de filtro do equipamento e também dos sensores.

O sistema de controle digital do SW01 utiliza um sensor de temperatura na saída do equipamento para automaticamente garantir o fornecimento estável da temperatura escolhida para estar no cobertor, mediante controle do chaveamento da fonte térmica. A escolha do ventilador, sua turbina e o resistor foi devida a diversos projetos e ensaios que nos orientaram para uma excelente eficiência de aquecimento e energética. A entrada de ar para o equipamento passa por um rigoroso filtro de alta eficiência, próprio para a ocasião, que garante a entrega de ar limpo.

Visto que todos os equipamentos desse tipo presentes nos hospitais brasileiros são importados, a Sensymed tem como objetivo a nacionalização desta tecnologia e assim suprir uma necessidade do mercado brasileiro de produtos médico-hospitalares com um produto mais acessível para a realidade dos hospitais nacionais, mantendo e complementando toda a qualidade exigida pelas normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e se enquadrando nos padrões mais modernos de tecnologia de hardware, software e design do produto.

Bem como, sendo uma empresa nacional, conseguir oferecer um serviço de assistência técnica e manutenção de qualidade e com toda a agilidade que a área hospitalar exige e necessita.




LaringoSensy
Este equipamento detecta a posição do nervo laríngeo inferior para que ele não seja comprometido, quer seja pela sua secção, estiramento, tração ou pela sua queimadura no ato cirúrgico.


NeuroSensy
Equipamento que tem por finalidade receber, analisar e registrar o funcionamento dos nervos faciais, que são responsáveis por movimentar a musculatura e proporcionar a expressão da face.
Trabalhe Conosco
Vagas de Estágio

Nós estamos constantemente disponibilizando novas vagas para estagiários.
Caso tenha interesse em fazer parte de nossa equipe, envie seu currículo para o e-mail rh@sensymed.com.br.
Contato
sensymed@sensymed.com.br
+55 (35) 3621-6159
sensymed1
Rua Pompílio Ferrini, Nº 129
Vila Rubens - Itajubá/MG
CEP: 37505-156
Última atualização: 05/01/2016
desenvolvido por
Gabriel Oliveira
fechar x
Conheça nossos ex-colaboradores
  • Alex Eloi Ferreira – Tecnólogo de Automação Industrial
  • Bruno da Costa Menezes – Engenheiro de Produção
  • Bruno Diego de Oliveira – Engenheiro Mecânico
  • Caio Rodrigo Antunes de Azevedo – Engenheiro Biomédico
  • Daiane Carolina Santos Luz - Contadora
  • Danilo Henrique Florentino de Andrade - Engenheiro de Controle e Automação
  • Déborah Aline Carvalho Werneck Telles– Administradora de Empresas
  • Expedito José de Barros Júnior - Engenheiro de Controle e Automação
  • Fernando Shigeru Wakabayashi - Engenheiro de Produção Mecânica
  • Flávio Assis Luciano – Administrador de Empresa
  • Frederico Amaral de Oliveira – Engenheiro Elétrico
  • Hélder Faria e Dias – Engenheiro de Computação
  • Iuri Silva Castro – Engenheiro da Computação
  • João Paulo Santos Júnior- Engenheiro de Produção Mecânica
  • Kades Francisco de Souza Pinto – Engenheiro da Computação
  • Larissa Maiara Palombo – Engenheira Mecânica
  • Lucas da Silva Medeiros - Engenheiro da Computação
  • Lucas Flabiano Perotti – Técnico em Eletrônica
  • Lucas Rafael Leandro Silva – Engenheiro Mecânico
  • Lucas Sales de Oliveira Almeida – Técnico em Eletrônica
  • Lucas Valias Ayres - Engenheiro de Produção Mecânica
  • Luiz Carlos Neto – Engenheiro Mecânico
  • Luiz Pedro Duque da Silva – Técnico em Eletrônica
  • Maria Luiza Sarlo Zaroni e Silva - Administradora de Empresas
  • Patrick Alisson da Silva Gonçalves - Graduando em Engenharia de Produção
  • Paulo César Romera Júnior - Engenheiro de Controle e Automação
  • Rafael Henrique Bazan – Engenharia Mecânica Aeronáutica
  • Renan Toniolo de Oliveira – Engenharia da Computação
  • Rodolpho Tomaz - Engenheiro Eletricista
  • Rodrigo Maximiano de Almeida - Engenheiro de Controle e Automação
  • Sebastião David – Engenheiro Eletricista